LISTA DE ESPERA

Se você tem interesse em algum curso da Escola da Partilha que não está disponível, preencha os campos abaixo com seu nome, e-mail e telefone, que entraremos em contato assim que abrirmos a próxima turma!

Quem é o Aristides?

Aristides Madureira

Natural de São Paulo, desde 1989 desenvolve trabalho missionário laico na Igreja do Brasil em diversas frentes, com ênfase em: Pastoral do Dízimo; Gestão Eclesial; Secretariado paroquial entre outras. Conhecido por sua participação em congressos, tais como: CONAGE – CONASPAR – CONADIZ – CONGEC – CATEQUISTAS BRASIL; e por sua presença em centenas de dioceses e paróquias. Tem formação em comunicação (mídia eletrônica), é graduado em Processos Gerenciais. Desde 2003 está à frente, como sócio diretor, da Editora A Partilha. Autor de várias obras e artigos.

Escola da Partilha

A Escola da Partilha é um sonho que vem sendo nutrido há 40 anos por agentes da Pastoral do Dízimo, na Igreja do Brasil.


Na era do conhecimento e da tecnologia, nada mais justo e certo que o saber seja disseminado de modo amplo e acessível ao maior número de pessoas. Nosso objetivo é disponibilizar conteúdos, métodos e técnicas que permitam, aos mais de meio milhão de agentes da Pastoral do Dízimo, maior eficiência e eficácia na missão de conscientizar, organizar e manter essa prática de autossustentação dos bens terrenos da Igreja.

Público-alvo

Gestores eclesiais


Párocos, vigários e conselho econômico.

Agentes da Pastoral do Dízimo


Coordenadores e demais membros.

Agentes de outras pastorais e movimentos

CPP e coordenadores de pastorais e movimentos.

"O dízimo nasce no coração do homem e encontra eco no coração de Deus"


Aristides Luis Madureira

| NINGUÉM AMA O QUE NÃO CONHECE |

O dízimo é um tema apaixonante por seu dinamismo histórico, pelas oportunidades de missão que ele gera, pela eficiência e eficácia na organização do povo de Deus, e o mais importante, pela experiência que essa prática permite ter com Deus e de Deus. Longe de ser imposto, taxa obrigatória, esmola ou ajuda aos padres, o dízimo é uma adesão livre e consciente ao projeto salvífico inaugurado por Jesus e por Ele outorgado aos seus discípulos e deles para cada um de nós batizados. Conhecer para amar.

| ABORDANDO O TEMA COM SEGURANÇA PARA OBTER BONS RESULTADOS |

Não há nada mais difícil para os agentes da Pastoral do Dízimo do que conscientizar os fiéis sobre o dízimo. A grande maioria das pessoas, por desconhecimento, reduzem o dízimo a dinheiro e, com ideias distorcidas, fecham os corações para essa prática amorosa. Como falar? Qual a melhor abordagem? A equipe de pastoral precisa estar ciente de sua importância e de seu protagonismo na missão evangelizadora da paróquia. Ninguém é coletor ou cobrador do dízimo. Somos todos missionários! Nossa matéria prima não é o dinheiro, mas a Palavra de Deus. Que o aumento do número de dizimistas, bem como o da arrecadação, seja consequência de uma boa evangelização e não da imposição ou obrigatoriedade.

| MANTENDO A EQUIPE UNIDA E FOCADA |

É preciso que a equipe atue com objetivos e metas, que tenha um planejamento estratégico e visão sistêmica da gestão paroquial. Assim, além de dar melhor apoio ao administrador paroquial (pároco), será capaz de ler a realidade e se reinventar quantas vezes se fizer necessário. Uma equipe que não tema mudanças, pelo contrário, busque-as, não se intimida diante dos desafios, mas tenha por prática ressignificar-se.

| CONSTRUINDO UMA CULTURA SOLIDÁRIA E FRATERNA |

Que toda família católica tenha a oportunidade de fazer a experiência do dízimo em sua comunidade, tornando-a reconhecida pelos cuidados com os pobres, pelo acolhimento de todas as pessoas e pela caridade que a todos envolve. 

QUERO PARTICIPAR

Um projeto em parceria: